3 LUGARES DIFERENTES

by Fellini

/
1.
04:09
2.
03:37
3.
02:34
4.
03:35
5.
6.
03:29
7.
8.
9.
10.
11.
12.

about

Third album by Fellini, released 1987 by Baratos Afins, São Paulo - SP, Brazil

credits

released March 7, 1987

Thomas (guitarras)
Ricardo (teclados)
Cadão (voz, gaita)

Arranjos: Fellini
Produção: Fellini e Luiz Calanca

Gravado em janeiro de 1987 no audio design num porta-estúdio de 4 canais por Tancred Pappon, exceto ‘Valsa de la Revolución’, gravada em agosto de 1986 no mitzu’s toilet

Mixado no Vice-Versa (engenheiro de som: Nico Bloise) e no Corda Toda (engenheiro de som: Paulé)

Tapes: Sugar Blue, Axel Sommerfeld, John Peel e Osmar Santos
Remasterização: Luiz Calanca e Paulo Torres
Capa: Fellini, Sweet Water (arte final)
Desenhos: Signore Volpato
Thank you, Tancred, again
and thank you, Beto, again

tags

license

all rights reserved

about

Fellini São Paulo, Brazil

Formed in São Paulo in 1984, one of the better known bands of the local indie scene of the mid-1980s (and having a cult following to the present day), Fellini began as a straightforward post-punk band influenced by The Stranglers and Durutti Column, but would gradually develop a eclectic sonority that mixed post-punk with MPB and samba rock, acquiring an unique, almost non-descript musical style. ... more

contact / help

Contact Fellini

Streaming and
Download help

Track Name: Ambos Mundos
Se eu não trabalhava
alguém dava duro e não faltava grande coisa lá em casa
El Caimán Barbudo sentava na própria cauda
à meia-noite, enquanto você sonhava

Depois do batente Vênus descansava
Marte sempre cortês jogava cartas
preto era o céu
bom de se olhar
onde Três Virgos queriam se arrumar

Se você passava uma semana na praia
e depois voltava
mesmo assim a gente dava uma pequena pausa
e em ambos mundos se ajeitava
Track Name: Rosas
Mamãe há de entender
um sol é um sol é um sol é um sol
e até aqui vamos bem
na vida do meu pensamento

onde é tão fácil dizer
as cores do meu tormento
onde é tão fácil entender
uma vida inteira em silêncio

roses roses roses
rosas
Track Name: La Paz Song
Só de ouvir falar
de tanto ouvir falar
oyía tus temblores
me dices no hay d'eso acá
oyes tus próprios temblores
te conheço muito bem
me amas pero no me quieres ver
la paz se hace así
cada uno en su lugar?
te canto la paz song
así no me puedes olvidar

esteja onde estiver
cada um em seu lugar
Track Name: Teu Inglês
Washington acha engraçado o teu inglês?
please, come back

Se o mundo explodir em pedaços outra vez
please, come back

Eu só vejo o Oeste selvagem na TV
(please...)

E passeio no aeroporto sem ninguém
Track Name: Zum Zum Zum Zazoeira
Quando eu morrer
uma nuvem de pó vai me suceder

Sem lampião
talvez deite no escuro o meu coração

Mundo velho sem porteira
abre e fecha sozinho o invisível portão
Como a gente faz besteira
um conto tonto um bumba-meu-boi na poeira
Sai debaixo da relva e mastiga as estrelas
Vem do meio da selva escura só zoeira
zum zum zum zum zum zum
zazoeira

Quando eu morrer
Zé Galinha vem correndo dizer:

"Lá no Fundão
morre mais um amigo (do coração)

Riu na hora de ouvir as asneiras
que dele diria o bom capelão"
Como a gente faz besteira
um conto tonto um bumba-meu-boi na poeira
Sai debaixo da relva e mastiga as estrelas
Vem do meio da selva escura só zoeira
zum zum zum zum zum zazoeira
zum zum zum zum zum zazoeira
Track Name: Pai
Pretendo ter dois lindos filhos
Uma menina e um robusto menino
Botar eles na escola desde o princípio
Mandar às favas os vizinhos
(À noite ouvem nossos ruídos
O que eles ganham eles põem no cofre
Um filho uma árvore e um livro
Herança de gente muito pobre)

E terminar todas as fábulas
Quando eu sair da chaminé
Depois montar na bicicleta
Esperar que eles criem calos nos pés

(À noite ouvem nossos ruídos
Uma vida despojada de sentido)
E assim nós vamos indo
Minha pequena mulher vai dirigindo
E assim nós vamos indo
Meu filho segue torcendo comigo
E assim nós vamos indo

Meus filhos foram me chamar
Um avião estava preso nos fios
Meus filhos foram me chamar
Track Name: Valsa de la Revolución
Você não sabe ler
Tudo que você quer tem que ser na marra
Suas meias estão virando polainas

(Hoy yo no estoy bien
Yo no pateo perro muerto)

Ninguém repara em você
pela primeira vez na praia, depois de velho
como um rabo-de-peixe buzinando em La Habana

(Hoy yo no estoy bien
Yo no pateo perro muerto)

Isso é vida que se leve?
Enquanto uns andam de joelhos, outros tocam a pavana
Mudar de lugar ou mudar o lugar?

(Hoy yo no estoy bien
Yo no pateo perro muerto
Yo no pateo perro muerto
Hasta la victoria siempre
Viva la revolución!)
Track Name: Massacres da Coletivização
Eu não tenho mais fotos dessa época
Mas vira-e-mexe a gente dava uma festa

A ilha na cidade
a araponga e a serra
e não mais barbear-se
a última esperança da Terra

Se eu pedia socorro eles vinham
mas quase sempre se vive sozinho

Não se viram mais ônibus
ninguém ao pé do rádio
onde o artista vizinho
vai cortar seu ouvido

A sagração da primavera
a manhã no hospício
o sonho da quimera
e não tens toca-discos?

E onde tocarão meus discos?
sem fortuna e sem amigos

Alguém me ajuda a voltar
Num lombo de burro
E dá uma festa ao chegar
Do passado ou futuro?

Alguém me ajuda a voltar
Num lombo de burro
E dá uma festa ao chegar
Do passado ou futuro?
Track Name: Rio-Bahia/Lavorare Stanca
Só um primo em frente ao convento
Do Rio de Janeiro à Bahia
Eu barbudo e seus braços abertos
E morros e morros e morros

(Noite)
E um passei pela orla marítima
Com este ex-aviador e sua filha

(Dia)
Bahia: só os mendigos como companhia

Só os urubus e os meus loros
Do Rio de Janeiro à Bahia
Eu barbudo e Dom Pedro II
E morros e morros e morros

(Noite)
E os três sentados na areia
Luzes da Bahia e o céu coberto de estrelas

(Dia)
Bahia: Salvador não tinha bondes ainda

Cidade
Sono Leve
Se vive tem que trabalhar
E mesmo se se sonha tem que trabalhar

Mil anos tem que levantar
Como um sol que não consegue andar
Assim seus sapatos devem pelejar
Mil
Track Name: Onde o Sol Se Esconde
Let me sing
mon petite cubaine
where are you?
Lá onde o sol se esconde
everytime

Tão longe
everytime
where are you
mon petite cubaine?
lá onde o sol se esconde
every time
let me sing now
Tão longe
lá onde o sol se esconde